quinta-feira, 27 de julho de 2017

As hipóteses do colesterol e das calorias estão ambas mortas - é hora de focar no real culpado: a resistência à insulina

The cholesterol and calorie hypotheses are both dead — it is time to focus on the real culprit: insulin resistance
by Maryanne Demasi, Robert H Lustig, Aseem Malhotra


Evidências emergentes mostram que a resistência à insulina é o preditor mais importante de doenças cardiovasculares e diabetes tipo 2.

A redução agressiva do colesterol de baixa densidade (LDL-C) tem sido a pedra angular da cardiologia preventiva há décadas. As estatinas são amplamente utilizadas como a solução para a prevenção da doença cardíaca devido à sua capacidade de reduzir os níveis de LDL-C, um “marcador substituto” de doenças cardiovasculares (DCV). De fato, as estatinas são uma das classes de drogas mais amplamente prescritas no mundo. Mas esse fenômeno levanta duas questões: se justifica o entusiasmo pela redução agressiva do LDL-C?; e a farmacoterapia é superior à intervenção do estilo de vida?