Receba as novidades por e-mail:

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Porque você está sempre com fome?

Why you’re always hungry – Fasting 28
by Jason Fung

Você vive com fome? Todos nós pensamos que comer mais vai evitar a fome, mas isso é realmente verdade? Este é o que está por trás do conselho para comer 6 ou 7 vezes por dia. Se você pode evitar a fome, então você pode ser capaz de fazer melhores escolhas alimentares, ou comer menos. A princípio, parece bastante razoável. No entanto, a princípio, o paradigma de Calorias que Entram Calorias que Saem também parece bastante razoável. Como o ouro do tolo, as aparências podem enganar, e nós devemos cavar mais profundamente para apreciar a verdade, se não nós somos os tolos. Então, vamos pensar um pouco mais nisso.
O conselho para comer o tempo todo a fim de evitar a fome assume que comer um pouco vai evitar a fome. Há alguma evidência de que isso seja verdade? Isso responderia com um grande “não”. Alguém inventou isso, e tem sido repetido tantas vezes que as pessoas assumem que é verdade. Na maior parte, tem sido promovido pesadamente pela indústria alimentícia dos petiscos para certificar-se de que a população continua a comprar seus produtos.
Vamos considerar algumas situações análogas. Suponha que você precise urinar. O que é mais fácil?
1.      Apenas segurar até encontrar o tempo/lugar certo.
2.      Fazer apenas uma pequena quantidade de xixi e, então, parar voluntariamente. Fazer isso repetidamente ao longo do dia.

Você e eu sabemos muito bem que uma vez que o primeiro pouco de urina sair, não há como parar até que esteja terminado. E sobre esta situação? Suponha que você está com sede - o que é mais fácil?
1.      Manter a água fora da vista e esperar até encontrar o momento/lugar certo e poder beber até estar satisfeito.
2.      Beber um dedal de água e, então, voluntariamente parar de beber enquanto olha para o copo cheio de água gelada. Fazer isso repetidamente ao longo do dia.
Outra vez, você e eu sabemos que uma vez que você der o primeiro gole, não há como parar até que o copo esteja vazio. Em ambos os casos, é mais fácil esperar. Depois de começar algo, é mais fácil continuar até ficar satisfeito (bexiga vazia, sede saciada, fome saciada). Como com tudo na vida, há uma certa inércia (a tendência de continuar fazendo o que você está fazendo) para beber, comer e urinar. É como o meu filho. Você não consegue levá-lo para o banho. Mas uma vez que ele esteja dentro, você não consegue tirá-lo do banho. Mas este é um comportamento normal. Então, por que assumir que isso não se aplica a comer?
Algumas pessoas querem que você acredite que comer uma pequena quantidade vai enchê-lo para que você possa evitar comer tanto. Se isso fosse verdade, qual é o ponto de um aperitivo? O aperitivo é literalmente servido “fora da refeição principal”. Para qual propósito? Para que vamos estragar o nosso jantar e não poder comer o que o anfitrião ficou preparando com tanto sacrifício durante todo o dia, porque estamos cheios? Mesmo? Não. O ponto de um aperitivo é que este é um pequena entrada para nos fazer comer mais.

Em francês, isso também pode ser chamado de amuse bouche - que significa literalmente ‘algo que diverte a boca’. Por quê? Assim nós vamos comer mais. Não servido para encher você para que você não consiga comer as caras refeição intrincadas preparadas pelo chef. Praticamente todas as culturas têm essa tradição para aguçar o apetite, não para diminuí-lo. Então, comer uma pequena quantidade de comida, não suficiente para saciar, nos faz sentir mais fome, não menos. Assim, comer um pouco, o suficiente para nos fazer sentir fome, e, então, voluntariamente parar vai exigir enorme força de vontade durante todo o dia. Não é uma boa ideia.
Agora pense a respeito de um momento em que você não estava realmente com tanta fome, mas era hora do café da manhã. Então você começa a comer porque as pessoas sempre disseram que é a refeição mais importante do dia. Para sua surpresa, como você começa a comer, você termina uma refeição inteira relativamente normalmente. Antes de começar a comer, você poderia ter saltado facilmente a refeição e estaria satisfeito. Mas quando você começou a comer, você comeu tudo. Isto já aconteceu com você? Aconteceu comigo muitas, muitas vezes, principalmente porque eu estou sempre ciente desse fato.
Comer ESTIMULA o apetite. Entendeu, McFly? Sabemos disso há pelo menos 150 anos! Comer o tempo todo para que você coma menos soa realmente estúpido, porque é realmente estúpido. Não se apaixone por isso. Se você ouvir um médico ou nutricionista lhe dar este conselho, corra pra longe, muito longe, rapidamente. Eles vão literalmente matá-lo com seus conselhos idiotas.

Como ficar com fome
Então, qual é a outra grande maneira de aumentar a sua fome e sabotar seus esforços de perda de peso? Dietas com restrição de calorias, é claro. A estratégia de perda de peso de controle de porções, ou Restrição Calórica como hipótese Primária (CRaP - Caloric Reduction como Primary), sempre deixa você com fome. Este é um fato comprovado.

Em um estudo bem conhecido sobre a obesidade, os pesquisadores pegaram os indivíduos, fizeram-nos perder 10% do seu peso corporal e, então, seguiram seus níveis hormonais ao longo do próximo ano. A grelina (mais sobre isso num próximo post) é conhecida como o hormônio da fome - níveis mais elevados significam que você está com mais fome. O peptídeo YY é um hormônio da saciedade - níveis mais altos significam que você está mais saciado.
Após um ano de manutenção do seu peso, houve uma diferença substancial nos níveis de hormônios do paciente. A grelina é muito maior (mais fome). O peptídeo YY é muito mais baixo (mais fome). Isso se traduziu em uma diferença mensurável na fome entre os grupos.

O grupo de perda de peso está comprovadamente com mais fome porque seus hormônios estão levando-os a ter mais fome. Isso é muito importante, porque há uma tendência a brincar de ‘culpe a vítima’. Quando as pessoas seguem o conselho do CRaP (Restrição Calórica ) e depois recuperam seu peso porque estão com fome, as pessoas pensam ‘oh, elas não têm força de vontade’. ESTE NÃO É O CASO EM ABSOLUTO.
Eles são hormonalmente levados a comer pela fome, então devemos parar as acusações silenciosas de que as pessoas podem controlar isso. Não é culpa delas. O problema não é com as pessoas, o problema é o conselho para comer porções menores. É uma estratégia garantida a falhar. Afinal, a fome é um dos mais fortes instintos básicos de sobrevivência. Sim, podemos suprimi-la por alguns dias. Mas podemos fazer isso dia após dia, semana após semana, ano após ano?
As pessoas que perderam peso têm fisicamente, comprovadamente, ​​mais fome do que aquelas que não tiveram que perder peso. Você não pode resolver este problema da perda de peso a longo prazo até que você compreenda como controlar a fome. Qual é a resposta?
Bem, no caso de você não ter percebido ainda, este é apenas o post nº 28 sobre o jejum e portanto, a resposta é o jejum. Há uma certa lógica aqui. Se você comer o tempo todo, você terá mais fome. Se você comer menos, você terá menos fome. Como isso funciona? Vamos ver na próxima semana...


Para ficar por dentro das atualizações,
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK:
PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO FACEBOOK:
E SE INSCREVA NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE:


Um comentário:

  1. Tacada fantástica sobre o aperitivo / antepasto!
    E viva o jejum!

    ResponderExcluir