Receba as novidades por e-mail:

quarta-feira, 1 de março de 2017

Metabolismo à noite

Metabolism at night
By Bill Lagakos (Calories Proper)
Publicado em 13 de fevereiro de 2017

Do treinamento circadiano ao controle da glicemia para controle do apetite para a qualidade do sono:

Realmente não somos feitos para ignorar o café-da-manhã e comer tarde da noite. Quase todas as linhas de evidência apontam para isso. E agora:

Is the timing of caloric intake associated with variation in diet-induced thermogenesis and in the metabolic pattern? A randomized cross-over study (Bo et al., 2015)

Desenho do estudo: refeições idênticas consumidas às 8h ou 20h, controladas para o nível de atividade, duração do jejum e refeições prévias.
O metabolismo desliga à noite. Isso significa que você não está queimando gordura ou construindo músculos. A taxa metabólica pós-prandial (ou o efeito térmico da alimentação) desacelera à noite.
Quaisquer carboidratos que você come à noite fica na corrente sanguínea por causa da regulação circadiana da sensibilidade à insulina (o músculo esquelético é resistente à insulina à noite):
Apesar de ter mais insulina à noite!
Estas não são apenas “correlações”. Você não precisa tomar café da manhã de manhã, mas “precisar =/= otimização.” Se você está empenhado em jejuar E faz grandes jantares, pule o almoço.


Perspectivas clínicas
Estudos em humanos demonstraram que tanto em adolescentes quanto em adultos, consumir a maior parte da ingestão diária à noite está associada a um risco aumentado de obesidade, hiperglicemia, anormalidades lipídicas, síndrome metabólica, doença hepática gordurosa não alcoólica e doenças cardiovasculares. O desalinhamento circadiano tem consequências metabólicas e cardiovasculares adversas. Exemplos de condições crônicas associadas a um risco aumentado de obesidade, síndrome metabólica e doenças cardiovasculares.

Existem muitas outras razões:



Para ficar por dentro das atualizações,
CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK:
PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO FACEBOOK:
E SE INSCREVA NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE:


Nenhum comentário:

Postar um comentário