Pixel do facebook Blog RI

segunda-feira, 8 de abril de 2019

Resistência à insulina - Afinal, que bicho é esse? E-BOOK GRATUITO

Por Liss Bischoff

À primeira vista, resistência à insulina pode parecer um bicho de sete cabeças. Mas não precisa ser. Na verdade, é algo bastante simples de entender.
Neste e-book  - RESISTÊNCIA À INSULINA - Afinal, que bicho é esse? eu espero ajudar você, com uma linguagem simples e didática, não só a entender o que é e como impacta a sua saúde, mas também conseguir explicar isso para outras pessoas.


segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

A resistência à insulina REALMENTE causa ganho de peso?


Does insulin resistance REALLY cause weight gain?
by Marty Kendall

 A resistência à insulina REALMENTE causa ganho de peso?
Muitas pessoas acreditam que a resistência à insulina provoca obesidade. Mas, como você verá neste artigo, pode muito bem ser o contrário.

quinta-feira, 22 de novembro de 2018

A minha curva de decisão

Liss Bischoff
Até que ponto você está disposto a chegar em busca de objetivos estéticos e de saúde?
Quando começamos uma mudança de estilo de vida em busca de mais saúde, bem estar, um corpo mais magro e bonito, é comum “nos perdermos” um pouco em relação a isso.
Será que eu preciso fazer exatamente o que faz aquela pessoa que eu sigo nas redes sociais (aquela que é a minha referência sobre onde eu quero chegar)? Tenho que seguir à risca o que me dizem os mais experientes no assunto? Será que eu consigo? E o mais importante: será que eu QUERO? Será que eu estou disposta a isso?
Quando eu vejo uma moça na praia, com o corpo definido pela musculação, eu também quero aquele corpo, claro! Mas até onde eu estou disposta a ir pra alcançar aquele corpo? Será que eu estaria disposta a passar 2 ou 3 horas na academia por dia? Spoiler: no meu caso, não! Não, eu não estou disposta. Faço atividade física quase por obrigação e nada no mundo me convenceria a passar todo esse tempo numa academia diariamente.
Mas a mesma situação acontece com várias outras coisas na nossa vida. Temos que tomar esse tipo de decisão o tempo todo: até que ponto estamos dispostos a chegar em busca de nossos objetivos?

Fit to Fat to Fit – O que aprendemos com a história de Tramell

Liss Bischoff
O programa Fit to Fat to Fit passa no Brasil, em canais por assinatura, com o nome de “Ganhar para perder”. No programa, profissionais que trabalham como personal trainer engordam propositalmente, aumentando seu peso corporal em torno de 30% a 40% ao longo de 4 meses. Nos 4 meses seguintes eles trabalham em conjunto com seus alunos para tentar perder todo o peso que ganharam e retornar à forma original.


A ideia partiu do personal trainer Drew Manning que, em maio de 2011, decidiu viver na pele a dificuldade que seus alunos sentiam para emagrecer. Cansado de ouvir que ele não entendia seus alunos, o americano, que sempre foi magro, deu início ao seu projeto de engordar para depois emagrecer.
Segundo ele, a principal razão pela qual decidiu fazer isso foi porque seus clientes diziam que ele não entendia quão difícil era estar acima do peso, já que sempre esteve em forma. E eles estavam certos, afirma.

sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Michael Pollan fala sobre nutrição, cultura alimentar e obsessões insalubres com uma alimentação saudável


Michael Pollan fala sobre nutrição, cultura alimentar e obsessões insalubres com uma alimentação saudável.
Traduzido pelo Google e adaptado por Júci de Paula. Texto original postado por Alice Dishes em seg, 5 de maio de 2014 às 08:00, link aqui.


Na noite de quinta-feira, Michael Pollan, o (praticamente) Capitão da Cruzada do mundo da alimentação ética e agricultura sustentável, regalou uma casa quase lotada no Teatro Nourse, em São Francisco. Pollan, que nos últimos 25 anos tem escrito livros e artigos sobre o lugar que a natureza e a cultura cruzam - e onde o governo frequentemente interfere – tornou-se mais do que um jornalista. Ele também é um artista, embora o seja com mensagens sérias.

quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Como eu consegui quebrar o platô

Liss Bischoff


Eu contei minha história logo no início da criação desse blog (www.resistencia-insulina.com.br/2016/06/minha-historia.html). Contei como eu perdi aproximadamente 15 kg com low carb.
Essa perda de peso aconteceu em aproximadamente 8 meses (entre outubro de 2015 e junho de 2016). E depois disso eu fiquei por quase 2 anos com o peso oscilando 2 ou 3 quilos pra cima e pra baixo, mas sem conseguir emagrecer mais.
Eu ainda tinha um percentual de gordura relativamente elevado, que eu queria reduzir. Mas eu simplesmente não conseguia fazer a balança se mexer.
Eu fiz várias tentativas de quebrar esse platô (jejuns, cetogênica, protocolo whole30, dieta carnívora…), mas nada parecia ser eficiente. Eu chegava a perder uns 3 kg, mas a perda de peso logo estagnava novamente e os poucos quilos perdidos eram rapidamente recuperados.
Eu fiquei batendo cabeça por quase 2 anos até resolver que ia mudar isso, ia quebrar esse platô e finalmente perder o restante do peso para chegar ao meu objetivo traçado lá no início. Mas para isso eu precisava repensar minha estratégia.